Prestação máxima da Faixa 1 do Minha Casa sobe de R$80 para R$270

Os mais pobres sempre tiveram prioridade no Minha Casa, Minha Vida, pois eles são responsáveis pela maior parte do déficit habitacional do país. A faixa 1 é a responsável por esse atendimento, em 2016 houve mudanças como a ampliação da faixa de atendimento, aumento no valor da prestação e, consequentemente, a redução no valor do subsídio. O programa ainda é vantajoso, mas se olharmos para o MCMV 2, a fase 3 deixa a desejar, principalmente para os mais pobres, que agora terão que pagar uma prestação entre R$80,00 e R$270,00, ante, no máximo, oitenta reais do praticado anteriormente.

IMPORTANTE: As novas regras do Minha Casa, Minha Vida 3 não alterará o valor da prestação das famílias de baixa renda que já tinham financiamento. A mudança só vale para os novos financiamentos.

COMO ERA ANTES

A Faixa 1, até o mês de Março de 2016 funcionava da seguinte forma: ela atendia famílias com renda de até R$ 1,6 mil e o valor mínimo da prestação era de R$25 por mês. A mensalidade era calculada de acordo com a renda familiar bruta do beneficiário, devendo representar 5%.

Por exemplo, uma família com renda de R$800,00 por mês, pagava uma prestação de R$40,00 por mês, pois esse valor equivale a cinco por cento da renda.

Uma família com renda de R$ 1,6 mil, pagava uma prestação de, no máximo, R$80,00 por mês durante dez anos (120 meses), todo o valor restante era subsidiado pela União, quanto menor a renda, maior seria o valor do subsídio.

COMO É AGORA

Agora a Faixa 1 atende famílias com rendimento de até R$ 1,8 mil (hum mil e oitocentos reais), porém, junto com esse reajuste veio o valor mínimo da prestação, que agora é de R$80,00 por mês. Ou seja, o valor máximo da Faixa 1 agora é o mínimo!

Veja abaixo como calcular o valor da prestação:
  • Renda de até R$800,00 – prestação é fixa em R$80,00 por mês;
  • Renda entre R$801 e R$1.200,00 – prestação é de 10% da renda familiar bruta;
  • Renda entre R$1.201 e R$1.800,00 – prestação é de 15% da renda;


Resumindo – O valor da prestação da faixa 1 agora é entre R$80,00 e, no máximo, R$270,00 por mês. Antes do MCMV 3 as famílias da faixa 1 pagavam até 5% da renda e a mensalidade não poderia ultrapassar R$25,00 por mês, pois todo o valor restante era subsidiado pela União.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...