Banco do Brasil financia até 90% do imóvel no Pró-Cotista FGTS

Para realizar o sonho da casa própria muitos brasileiros recorrem aos financiamentos imobiliários, nem sempre a família se enquadra no Minha Casa, Minha Vida, cuja taxa de juros é a menor do mercado. Hoje falaremos sobre a linha de financiamento pró-cotista do FGTS do Banco do Brasil, esta é a segunda modalidade com melhor taxa de juros do mercado, financia até 90% do valor dos imóveis de até R$ 750 mil, sendo assim, o valor da entrada é de, apenas, 10% do valor do imóvel.

Nesta terça-feira (26) o Banco do Brasil anunciou a liberação de R$ 2,5 bilhões para a concessão de novos financiamentos da linha pró-cotista, cuja taxa de juros é de aproximadamente 9% ao ano.

O valor máximo do imóvel é de até R$ 750 mil em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e no Distrito Federal. Nos demais estados o valor máximo do imóvel é de R$ 650 mil. Sendo que o teto de financiamento é de 90% do valor do imóvel. Com uma entrada de, pelo menos, 10% é possível financiar a compra da casa própria em até 360 meses (30 anos).

O valor da entrada varia de acordo com o imóvel escolhido e o valor da renda. Com, pelo menos, 10% de entrada já é possível financiar. Lembrando que a concessão de crédito estará sujeita a análise de crédito por parte do Banco do Brasil.

QUEM PODE CONTRATAR?

A linha de financiamento pró-cotista do Banco do Brasil é exclusiva para cotista do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), deverão ser observadas as condições a seguir:

  • Ter conta ativa no FGTS e com no mínimo 36 contribuições, que podem ser seguidas ou intercaladas; da mesma empresa ou de empresas diferentes;
  • Caso a conta não esteja ativa no FGTS é preciso que o saldo disponível seja de, pelo menos, 10% do valor do imóvel ou da escritura (o que for maior);


Para ter acesso ao Pró-Cotista basta procurar qualquer agência do Banco do Brasil. Lembrando que esta linha de crédito atende consumidores que não se enquadram nos critérios do programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal.
0 comentários:
Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...