Caixa Econômica eleva taxa de juros dos financiamentos imobiliários

Financiar uma casa ou apartamento pela Caixa Econômica Federal vai ficar mais caro a partir da próxima quinta-feira, instituição elevou os juros de várias modalidades de financiamentos.

O ano começou com uma notícia nada animadora para quem pretende financiar uma casa ou apartamento pela Caixa Econômica Federal, é que o banco estatal anunciou um aumento generalizado na taxa de juros, o que, consequentemente, encarecerá os novos financiamentos. As novas taxas já entram em vigor no dia 24 de Março de 2016. Vale lembrar que o último reajuste aconteceu há cinco meses, em outubro do ano passado. As condições do programa Minha Casa, Minha Vida e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) permanecem inalteradas pela instituição.


Nos contratos feitos pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), a taxa para o cliente que não possui relacionamento com o banco – taxa balcão – subirá de 9,9%, para 12% ao ano. Já para os clientes que possuem relacionamento com o banco (conta-corrente, salário, etc), os juros subirão de 9,8% para 11% ao ano. Importante lembrar que esses percentuais são de juros efetivos, ou seja, reais, pois já embutem todos os encargos do financiamento.

A elevação dos juros não deve afetar quem já tem contrato fechado com o banco estatal. As condições entram em vigor apenas nos novos financiamentos, a partir da próxima quinta-feira (24) em agências de todo o país.

A notícia foi divulgada ontem, logo depois do banco estatal anunciar o aumento do percentual de financiamento de um imóvel, o banco financiará até 70% do valor do imóvel, ante 50% do que era financiado, na mesma linha de crédito, as alterações já entram em vigor na próxima quinta-feira (24).

O SFI (Sistema Financeiro Imobiliário) também sofreu reajuste, a taxa balcão subirá de 11,5% para 12,5% ao ano, nesta modalidade é possível financiar imóveis novos ou usados com valores entre R$ 650 mil a R$ 750 mil.


Imóvel Residencial (PF)
Taxa de juros efetiva
SFH – Sistema Financeiro de Habitação
De
Para
Taxa Balcão
9,9%
11,2%
Relacionamento
9,8%
11%
Relacionamento + Salário
9,5%
10,5%
Servidor com relacionamento
9,5%
10,5%
Servidor relacionamento + salário
9,3%
10%

Imóvel Residencial (PF)
Taxa de juros efetiva
SFI – Sistema Financeiro Imobiliário
De
Para
Taxa Balcão
11,5%
12,5%
Relacionamento
11,2%
12%
Relacionamento + Salário
11%
11,5%
Servidor com relacionamento
11%
11,5%
Servidor relacionamento + salário
10,5%
11%
Para escapar dos juros altos a saída é financiar pelo Minha Casa, Minha Vida ou pelo pró-cotista do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) cujas taxas de juros são as menores do mercado. Mas, infelizmente, nem todo mundo se enquadra nos critérios dessas linhas de financiamento, o que acaba dificultando a aquisição da casa própria.
0 comentários:
Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...