Lei quer destinar 5% os imóveis do Minha Casa para operários

O programa habitacional Minha Casa, Minha Vida já possui um grupo de prioridades, cujos beneficiários têm uma cota para acesso ao financiamento habitacional. Hoje são priorizados os deficientes, idosos, desabrigados, mulheres que sejam arrimos de família, portadores de doenças crônicas, etc. Um projeto de lei quer destinar, pelo menos, 5% do total das moradias do MCMV para os trabalhadores do setor da construção civil.


O projeto de lei é de autoria da senadora Vanessa Grazziotin do PCdoB do Amazonas. A justificativa para o projeto é que os trabalhadores de baixa renda da construção civil encontram dificuldade para o financiamento de um imóvel, até mesmo por conta de toda a burocracia envolvida nos financiamentos.

Embora o percentual de 5% possa parecer pequeno, ele representará uma conquista para os trabalhadores do setor, pois haverá uma garantia de que, pelo menos, cinco por cento das moradias do Minha Casa Minha Vida serão direcionadas aos trabalhadores do setor da Construção Civil.
O projeto de lei ainda precisa passar pela análise de diversas comissões antes de ser votado.

Atualmente o Minha Casa, Minha Vida possui três faixas: I, II e III. Na primeira o subsídio pode chegar a até 96% do valor do imóvel, isso porque o valor da prestação é calculado de acordo com a renda do beneficiário, devendo corresponder a 5%. As famílias de baixa renda da faixa I pagam prestações de, no máximo, oitenta reais por mês graças a contrapartida do Governo Federal no financiamento.

Operários tem dificuldade no financiamento
Já ouviu aquele ditado “Em casa de ferreiro o espeto é de pau!”, pois é, isso é justamente o que acontece com os trabalhadores da construção civil, muitos trabalham a vida toda construindo casas e apartamentos, porém não conseguem adquirir a casa própria devido a burocracia e o alto custo dos financiamentos.

Um operário tem mais dificuldade para conseguir crédito em bancos, isso porque a maioria deles ou trabalha de forma informal ou então só são empregados durante o período de obra (contrato).
0 comentários:
Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...