Inadimplentes vão perder o imóvel do Minha Casa Minha Vida

O Governo Federal decidiu que retomará os imóveis dos beneficiários que estão em situação inadimplente com o pagamento das prestações de uma casa ou apartamento financiada pelo programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, tal medida será tomada inclusive nos imóveis que foram financiados para famílias carentes. Essa semana a Caixa Econômica Federal – principal financiador – já começou a apertar o cerco contra aqueles que estão com as prestações atrasadas, mensagens SMS, cartas e ligações de cobranças tem sido realizadas logo nos primeiros dias após o vencimento.
Baixa renda poderá perder imóvel em caso de inadimplência (divulgação)


A mudança na postura em relação aos calotes vai atingir inclusive a Faixa I (um) do Minha Casa Minha Vida, que é uma faixa onde são atendidas exclusivamente as famílias de baixa renda (que ganham até R$ 1,6 mil).

Para se ter uma ideia, a primeira faixa possui prestações entre R$25 e no máximo R$80,00 e mesmo a prestação sendo acessível a inadimplência média no primeiro semestre de 2015 tem sido de 22%.
Segundo informações do próprio Governo Federal, um quarto dos contratos do MCMV faixa I estão com as prestações há mais de 90 dias em atraso.

Imóveis retomados serão repassados a outros beneficiários
A principal novidade é que os imóveis que forem retomados pelo banco devem ser obrigatoriamente reincluídos no programa habitacional para que seja direcionado a outra família que está na espera de um imóvel. Isso só foi possível porque a presidenta Dilma Rousseff alternou no ano passado uma lei, permitindo que os imóveis de programas habitacionais tenham tratamento diferenciado, e que em vez de ir para leilão, que eles sejam entregues a outra família de baixa renda que está na fila de espera.

A alteração da lei que previa o leilão dos imóveis é um modo do governo evitar que tais moradias sejam adquiridas por famílias com maior poder aquisitivo, pois isso seria uma desvirtuação do programa habitacional.

Esse é um grande sinal de que o governo não mais tolerará a inadimplência dentro do Minha Casa, Minha Vida, aquele que estiver em atraso poderá perder o imóvel para o banco. A notícia é boa para quem aguarda por um imóvel, isso porque os imóveis retomados devem ser repassados aos inscritos (antes o imóvel ia a leilão).

Tolerar a inadimplência é um grande risco, isso porque as moradias do MCMV são financiadas com dinheiro público, dessa forma o poder público deverá zelar para que os beneficiários paguem as prestações em dia.

Qual a sua opinião sobre a decisão do Governo em não tolerar a inadimplência no financiamento dos imóveis populares? 

Um comentário:

  1. Será ÓBVIO que cidadania,atrai cidadania? Será que o poder público é realmente para o povo? PERGUNTO:Por onde anda a fiscalização do CDHU .

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...