Financiamento sem entrada no Minha Casa Minha Vida

Comprar uma casa ou apartamento próprio é o sonho de muitas famílias brasileiras, contudo, para muitas ele é um sonho distante por causa da burocracia que os bancos exigem para financiar um imóvel. O jeito mais fácil de financiar um imóvel é através dos programas habitacionais como o Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal, visto que eles oferecem subsídios, ótima taxa de juros e prazo de pagamento de até 360 meses, fazendo com que a prestação fique muitas vezes menor do que o valor do aluguel.


Pelo Minha Casa, Minha Vida é possível também financiar sem dar entrada, isso mesmo, é possível adquirir um imóvel sem dar um lance/sinal. No entanto, tal possibilidade é restrita apenas as famílias de baixa renda que se enquadram na faixa I (um) do programa MCMV, para atender aos requisitos dessa faixa é preciso que a renda familiar seja de, no máximo, R$1.600,00.

A primeira faixa do MCMV trata-se de uma faixa de interesse social, ela atende principalmente as famílias de baixa renda. O grande problema é a dificuldade para conseguir um financiamento nesse grupo, isso porque o pretendente precisa ser sorteado, só depois disso é que ele consegue fazer um financiamento de um imóvel popular.

Outro ponto negativo é que os beneficiários da faixa 1(um) não podem escolher qualquer imóvel. Normalmente os apartamentos dessa faixa são em Conjuntos Habitacionais, que são construídos exclusivamente para famílias de baixa renda. A maioria dos empreendimentos são de dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, sendo que a metragem raramente passa de quarenta metros quadrados.

Outra vantagem da primeira faixa é que ela não faz análise de risco, por essa razão, até mesmo as famílias com o “nome sujo” conseguem financiar um imóvel caso venham a ser sorteadas. O principal motivo é que até 96% do valor dos imóveis custeado pelo governo, visto que cada beneficiário paga apenas 5% da renda durante 120 vezes, o restante é pago com os recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Caso sua renda seja de zero a R$ 1,6 mil, procure a prefeitura da sua cidade e veja se há inscrições abertas para o Minha Casa Minha Vida para baixa renda (faixa I), caso tenha, realize a inscrição, posteriormente é só aguardar ser sorteado. Infelizmente não há garantia de atendimento, pois como dito, a seleção é realizada democraticamente através de sorteio, sempre realizado pela Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil – agentes financiadores do programa de habitação popular do Governo.

2 comentários:

  1. sou aposentado,e possível comprar um imóvelsem entrada,tenho 58 anos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quero comprar um imóvel.sem entrada

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...