Caixa facilitará financiamento de imóvel para baixa renda

Nesta terça-feira (25), a presidente da Caixa Econômica Federal, Mirian Belchior, anunciou que a partir do dia 10 de Setembro às famílias de baixa renda deverão ter mais facilidade para financiar uma casa ou apartamento através do banco estatal – na mesma data deve ser lançada a terceira fase do programa Minha Casa Minha Vida – a ideia é de que seja criada uma nova linha de crédito para a entender exclusivamente famílias com renda entre R$ 1 mil e R$ 2 mil, famílias essas que hoje encontram dificuldades para financiar um imóvel devido às exigências para liberação de crédito. A expectativa é que no mês que vem seja lançada a faixa 1 FGTS, sendo exclusiva para atender ao público de baixa renda. 
A partir do dia 10/09 a Caixa facilitará financiamento para baixa renda (imagem: divulgação)


O anúncio foi feito durante a entrega de apartamentos na Grande São Paulo, segundo a presidente da CEF, atualmente o Minha Casa Minha Vida já possui a faixa I que atende famílias cujo rendimento bruto familiar seja de até R$ 1,6 mil, entretanto essa faixa acaba por dar preferência às famílias que ganham abaixo de 1 mil reais, dessa forma às famílias com renda entre 1 mil e 2 mil reais acabam por ficar sem atendimento. A faixa I FGTS será criada com os recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e deve atender única e exclusivamente às famílias com rendimento de até dois mil reais.

A faixa FGTS permitirá que os beneficiários comprometam até 27,5% da renda bruta familiar com o pagamento das prestações. O subsídio do Governo Federal deve ser limitado a 20% - não é um subsídio tão alto se compararmos com a primeira faixa, entretanto ele vai permitir que famílias que hoje não são atendidas por programas habitacionais sejam beneficiadas e paguem prestações compatíveis com a sua renda.

Por enquanto são apenas essas as informações que se tem sobre a nova faixa do Minha Casa Minha Vida (MCMV), o lançamento oficial deve ser feito no dia 10 de Setembro de 2015, conforme informações previamente divulgadas pela presidenta Dilma Rousseff em uma rede social.

A meta da terceira fase do Minha Casa, Minha Vida deve ser de contratar, pelo menos, 3 milhões de novas moradias conforme divulgado pelo Ministério das Cidades. Trata-se de uma meta ambiciosa se levarmos em conta que as duas fases do programa habitacional contrataram 3,75 milhões de moradias. Mesmo com a crise econômica que o país vem enfrentando, os programas habitacionais continuaram sendo uma prioridade do Governo Dilma Rousseff, levado em conta os investimentos garantidos a esse setor até o ano de 2018 – data em que finaliza a 3ª etapa do Programa Minha Casa Minha Vida.
0 comentários:
Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...