Como fazer um financiamento pelo Minha Casa Minha Vida

Conseguir um financiamento pelo programa Minha Casa Minha Vida pode ser de grande ajuda na conquista da casa própria, isso porque o programa habitacional do Governo Federal concede subsídios que podem chegar a até 96% do valor do imóvel (dependendo da renda), além disso as taxas de juros são reduzidas e há desconto nos seguros e taxas envolvidas no financiamento.


Infelizmente o programa habitacional MCMV não é acessível para todas as famílias, ele está disponível apenas para aquelas que atendam aos critérios. A renda familiar atendida é de pouco mais de cinco mil reais, quanto maior a renda menores serão os benefícios. Os mais pobres tem direito a um subsídio maior, que pode inclusive superar 90% do valor do imóvel.

O financiamento varia de acordo com a renda do interessado. As famílias de baixa renda devem se inscrever na prefeitura do município em que residem ou trabalham.

Renda familiar de até R$ 1.600,00

Processo para conseguir um financiamento: As famílias que ganham até R$ 1,6 mil são enquadradas na faixa I (um) do programa Minha Casa Minha Vida, ela é considerada de interesse social, por essa razão a inscrição deve ser realizada na prefeitura do seu município. É preciso ficar atento a abertura de inscrições na sua cidade, alguns municípios já encerraram o período de cadastro, portanto é necessário aguardar, já outros disponibilizam a inscrição o ano todo, inclusive pela internet.

Os requisitos para participar são:


  • Renda compatível com a faixa (até R$ 1,6 mil);
  • Nunca ter recebido um imóvel de programa habitacional, seja do Governo Federal, Municipal ou Estadual;
  • Não ter imóvel próprio;
  • Não ter o nome incluído no CADMUT (Cadastro Nacional de Mutuários);
  • Não ter financiamento de imóvel ou de material de construção no nome;
  • Não estar inscrito na Dívida Ativa (Cadin);
  • Não ser funcionário ou conjugue de alguém que trabalha na Caixa Econômica Federal; 


Após se inscrever é necessário aguardar, isso porque para ser contemplado com um imóvel da faixa I (um) que é de interesse social é necessário ser sorteado. Isso porque a demanda por imóveis dessa faixa é muito maior do que a oferta, na prática quer dizer que existem muito mais famílias inscritas do que moradias disponíveis, com isso as prefeituras realizam sorteios para definir quem serão os beneficiários.

Caso seja selecionado na faixa de interesse social o valor da prestação deverá ser de 5% da sua renda durante dez anos, todo o restante será subsidiado pelo Minha Casa Minha Vida do Governo Federal, por exemplo, uma família que ganha R$ 700,00 (setecentos reais) por mês deve desembolsar apenas R$35,00 por mês com as prestações, pois esse montante equivale a cinco por cento da sua renda, todo o restante é custeado pela União através dos recursos do FAR (Fundo de Arrendamento Residencial).

Renda familiar de até R$ 5 mil

Aqueles que ganham acima de R$ 1,6 mil até R$ 5 mil integram a Faixa II e III do Minha Casa Minha Vida. A boa notícia é que essas famílias não dependem de sorteio para serem contempladas, basta que procurem uma agência da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, imobiliária, construtora ou incorporadora que possua imóveis voltado para o MCMV. O processo é basicamente o mesmo daquele para realizar um financiamento imobiliário, é preciso conseguir crédito aprovado com o banco.

Os requisitos para participar são:


  • Renda compatível com a do imóvel escolhido;
  • Não ter o nome sujo (restrição nos órgãos de proteção ao crédito);
  • Ser aprovado na análise de risco;
  • Nunca ter recebido um imóvel de programa habitacional, seja do Governo Federal, Municipal ou Estadual;
  • Não ter imóvel próprio;
  • Não ter o nome incluído no CADMUT (Cadastro Nacional de Mutuários);
  • Não ter financiamento de imóvel ou de material de construção no nome;
  • Não estar inscrito na Dívida Ativa (Cadin);
  • Não ser funcionário ou conjugue de alguém que trabalha na Caixa Econômica Federal; 


Antes de ir atrás do financiamento, recomendamos que faça uma simulação gratuita do Minha Casa Minha Vida no site, dessa forma será possível descobrir quanto ficaria o valor das prestações de acordo com a sua renda. Pois as condições de financiamento variam de acordo com a renda, região, valor do imóvel, faixa do MCMV que se enquadra, etc.
0 comentários:
Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...