Cadastro no Minha Casa, Minha Vida em Salvador

A prefeitura municipal de Salvador continua com inscrições abertas para as famílias que estejam interessadas em adquirir uma casa ou apartamento por meio do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal. Até o momento já foram mais de cem mil famílias inscritas, e ainda segundo a Sindec (Secretária Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil) o número de moradias que estão em execução ou que já foram entregues chega a 14.247 apenas no município. O programa é desenvolvido por meio de uma parceria entre o Estado, Município e Governo Federal, atendendo principalmente as famílias que ganham até R$1.600 (mil e seiscentos reais) por mês.
Maior programa habitacional da história do país


Como se cadastrar

Os interessados deverão acessar a página www.casavida.salvador.ba.gov.br e após ler as informações sobre o programa selecionar a opção “Inscrição” a partir daí será gerado um formulário de cadastro para o preenchimento. É importante preencher com calma todos os campos, pois qualquer informação incorreta pode inviabilizar o cadastro. O registro de interesse não significa que a família será contemplada por um imóvel, pois a seleção das famílias depende da análise e seleção por parte da prefeitura do município.

Hoje Salvador tem mais de 2.883.672 habitantes e um grande déficit habitacional. A meta da prefeitura é entregar mais seis mil moradias até 2015. Os imóveis já estão em construção em diversos bairros como: Lagoa da Paixão, Vila Moema, Maria de Lourdes, Fazenda Grande IV, Bromélias e no Jardim Aeroporto (CIA).

Requisitos

Para se inscrever no Minha Casa, Minha Vida pela internet a família deve ter renda bruta familiar de no máximo R$1.600,00 (mil e seiscentos). Além disso é preciso comprovar que mora ou trabalha a pelo menos dois anos no município em que pretende adquirir uma moradia. Não será feita análise de risco, portanto não tem problema estar com o nome nos órgãos de proteção ao crédito (nome sujo), pois a faixa de renda I não consulta.

Quem for selecionado pagará a Caixa Econômica Federal o equivalente a cinco por cento da renda familiar durante dez anos. O restante é subsidiado com os recursos do programa Minha Casa, Minha Vida.


9 comentários:

  1. Se deus quise vou ganhar

    ResponderExcluir
  2. eu tb to precisando ganha essa casa, e muito

    ResponderExcluir
  3. eu me escrevir no programa desde 2009 e nunca obtive resultado algum,pois tenho 4 filhos e moro de aluguel, por isso peço ao prefeito que me de minha casa.so quero ser feliz.preciso muito dessa casa.

    ResponderExcluir
  4. eu tb preciso ganhar essa casa muito,e muito so pra comecar tenho 4 filhos e moro de aluguell.

    ResponderExcluir
  5. porque, abrem escriçoes se as pessoas nao ganham todos os comentarios sao de pessoas que se escreveram e ainda nao ganharam e esperam a anos pela promessa nao comprida.mas, ha pessoas que nem precisam e ganharam.deveriam verificar se realmente elas precisam antes de presentea-las



    ResponderExcluir
  6. e mesmo pois conheco uma pessoa q nao precisa que tem casa carro e ganho fico muito triste muitas pessoas q reamente precisa e nao ganha q brasil e esse

    ResponderExcluir
  7. n ta mais cadastrado n é? preciso de uma resposta

    ResponderExcluir
  8. Quem não precisa ganham facilmente e não tem presa de morar.

    ResponderExcluir
  9. como faço pra saber se ainda estou cadastrada desde 2009 mim escreve ,fiz um novo cadastro em 2012 e até hoje nada e como faço

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.