Beneficiários do Minha Casa, Minha Vida terão treinamento para gestão de condomínio

Um dos maiores problemas do programa Minha Casa, Minha Vida é a gestão dos condomínios/Conjuntos Habitacionais após a entrega para as famílias. É muito comum desentendimento, brigas, má administração das áreas comuns, etc. A partir de agora os beneficiários do programa passaram por um treinamento para aprender como viver em comunidade, a medida visa melhorar a qualidade de vida dos moradores, diminuindo as queixas entre os futuros moradores. Questões como lixo, higiene pessoal, barulho e dicas de convivência também serão abordados pelos orientadores e assistentes sociais.


Além disso a portaria nº 518 do Ministério das Cidades determinou que os estados e municípios deverão contratar uma empresa especializada em administração e gestão de condomínios 30 dias antes da entrega do imóvel para realizar um trabalho pedagógico com os moradores durante aproximadamente um ano. Os moradores aprenderam como administrar o condomínio, realizar assembleias para síndico, gestão e contabilidade do empreendimento. Todo condomínio deve ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e uma conta no nome do empreendimento para receber as taxas dos moradores, eles serão orientados durante todo o processo.

É preciso evitar a “favelização” das unidades do Minha Casa, Minha Vida, visto que nos empreendimentos abrigam na maioria das vezes centenas de famílias de costumas, classes sociais e hábitos diferentes. Muitos foram retirados de áreas de risco, favelas, etc. Por isso é preciso fazer um trabalho de ressocialização dessas pessoas na sociedade para que possam ter um convívio harmonioso com os demais moradores, evitando dessa forma os atritos e brigas que são muito comuns em todos os empreendimentos já entregues pelo programa.

Questões como descarte de lixo, barulho, áreas comuns e portaria devem ser bastante debatidos entre os moradores pois são fatos que acabam gerando bastante brigas e discussões. Com a ajuda pelo período de um ano, essas famílias poderão se preparar melhor para posteriormente administrar sem a ajuda do governo, afinal após a entrega o “condomínio” passa a ser um empreendimento particular e que deve ser administrado pelos próprios moradores.

O anúncio foi feito pela presidente Dilma Rousseff em uma rede social. Segundo a nota a orientação condominial será feita durante um ano a partir da entrega das chaves. Um dos objetivos além da harmonia entre os moradores é melhorar a conservação dos prédios e das áreas de lazer/comum.
0 comentários:
Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...