Em Alagoas o Minha Casa Minha Vida terá subsídio também do estado

O Minha Casa Minha Vida é um dos maiores programas habitacionais que o Brasil já teve ele tem contribuído de maneira satisfatória para a diminuição do déficit habitacional. Em Alagoas um projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa do estado permitirá um complemento do valor dos subsídios do programa do Governo Federal que deverá ser realizado diretamente pelo estado. A medida deve favorecer principalmente as famílias de baixa renda (até R$1.600), atualmente a parcela mínima para quem ganha até três salários mínimos é de cinco por cento da renda familiar, após a parceria com o Governo Federal o valor da parcela deve cair ainda mais.


A nova lei foi publicada hoje (29/08) no Diário Oficial do Estado (DOE) e é de autoria do Governador Teotonio Viela Filho do PSDB. O projeto também prevê a construção de 790 moradias (casas ou apartamentos) em dezenove municípios alagoanos, pois autoriza o Governo do Estado de Alagoas a fazer parcerias com o Governo Federal através do Programa Minha Casa Minha Vida.


O Minha Casa Minha Vida no estado

O estado de alagoas é o 15º maior do país e tem população estimada em 3.120.922 habitantes segundo o Censo do IBGE realizado em 2010. O programa Minha Casa Minha Vida já entregou milhares de casas e apartamentos em vários cidades, nos próximos anos estão previstas a entrega de vários conjuntos habitacionais para famílias com renda de até três salários mínimos, inclusive nos municípios com menos de 50 mil habitantes.


Com a nova lei aprovada e publicada hoje no Diário Oficial as futuras famílias beneficiadas pelo Programa Minha Casa Minha Vida deverão ter prestações mais acessíveis, pois haverá complementação dos subsídios através de parcerias.


Queda no déficit habitacional
Segundo uma pesquisa do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) o déficit habitacional caiu cerca de 12% no país em cinco anos (2007 a 2011) um dos responsáveis por esta queda com certeza é o programa Minha Casa Minha Vida. No entanto ainda há muito o que se fazer, principalmente na região Norte e Nordeste do País.
0 comentários:
Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...