Como funciona o Minha Casa Minha Vida 1 e 2

O Minha Casa Minha Vida possui duas fases a I e II tanto a primeira quanto a segunda ajudam o brasileiro a conquistar a tão sonhada casa própria. Através do programa tanto as famílias com renda de 0 até 10 salários mínimos conseguem comprar a casa própria pagando parcelas que cabem no seu orçamento. Muita gente acha que a fase I e fase 2 trata-se de etapa do programa do Governo Federal, no entanto não é bem assim. A fase I é destinada as famílias mais pobres, já a fase II é pra quem ganha de R$1.600,00 á 10 salários mínimos. Hoje iremos explicar melhor como funciona cada uma dessas fases para que você possa fazer a inscrição e comprar o tão sonhado apartamento ou casa própria.

FASE I do Minha Casa Minha Vida ( Fase 1)

O Minha Casa Minha Vida I é destinado as famílias com renda de R$0,00 até R$1.600,00.
O Governo em parceria com os municípios constrói casas ou apartamentos próprios destinados a essas famílias de baixa renda. Os conjuntos habitacionais do Minha Casa Minha Vida são sorteados entre os inscritos ou cadastrados pela prefeitura do município.
As famílias pagam apenas 10% da renda familiar, a prestação mínima é de R$50,00 por mês. Quem ganha R$1.200 por exemplo pagará R$120,00 reais mensais, quem recebe R$700,00 pagará R$70,00 mensais e assim por diante, sempre respeitados os 10% da renda e o valor mínimo que é de R$50,00 por mês.
O Financiamento é feito pela Caixa Econômica Federal (CEF) e tem duração de 10 anos, 120 meses. Não há consulta ao SPC ou Serasa, nem exigência de comprovação de renda, por se tratar de um programa habitacional voltado a famílias de área de risco, baixa renda, etc. A inscrição deve ser feita na Prefeitura da sua cidade, consulte detalhes diretamente com ela.


FASE II do Minha Casa Minha Vida

No Minha Casa Minha Vida 2 o financiamento também é realizado pela Caixa Econômica Federal. Essa segunda fase é destinada para as famílias com renda de 3 até 10 salários mínimos. Você pode ganhar um subsídio de até R$25.000,00 de acordo com a sua renda. As taxas de juros são as mais baixas do mercado, o prazo de financiamento é de até 360 meses para pagar.
Diferentemente da primeira fase, nesta segunda é necessário comprovar renda, ter o nome sem restrições nos órgãos de proteção ao crédito e também não possuir nenhum outro imóvel em seu nome.
A principal diferença é que nessa fase você pode escolher o seu imóvel diretamente com a construtora de sua preferência e enviar toda a sua documentação para a Caixa Econômica Federal para que a mesma possa fazer a análise do seu financiamento.
0 comentários:
Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...